Existem muitas formas diferentes de se preparar café, com métodos distintos, capazes de ressaltar o sabor e conservar muitas das propriedade e características do grão. Um dos métodos mais tradicionais é o preparo de café infusão.

É o tipo de método que utiliza o processo de imersão do pó de café em água, quente ou não, por um determinado tempo, para depois ser filtrado ou não, enquanto é extraído. Esse tipo de preparo resulta em uma bebida mais aromático e encorpada.

O tempo de infusão pode ser curto ou longo, dependendo do equipamento utilizado para o preparo e das características sensoriais desejadas na extração da bebida.

Cada método escolhido vai extrair xícaras de características bem distintas, mesmo utilizando o processo de infusão.

Quer descobrir tudo sobre o café infusão e como prepará-lo em diferentes equipamentos? Continue nos acompanhando abaixo!

O que é café infusão?

Infusão nada mais é que deixar alguma substância em contato com algum líquido, quente ou frio, durante um espaço de tempo, a fim de extrair as propriedades dessa substância.

Esse método é conhecido pelo preparo de chás, através de flores, folhas, raízes, sementes, etc. Mas também é muito utilizado como método de extração de café, pelo grão moído (pó de café).

No caso do café infusão, o período do processo pode variar, assim como a forma de preparo exigida pelo equipamento. Assim, a infusão pode ser curta, de apenas alguns minutos ou horas, ou longa, prolongando por vários dias.

Obviamente, os resultados também vão variar conforme o processo. Basicamente, o pó de café fica em contato com água, sem que haja a separação ou sedimentação do pó, pelo tempo determinado, para depois ocorrer a extração.

Uma infusão mais demorada resulta em uma bebida mais forte e encorpada, enquanto o café infusão mais breve promove uma bebida saborosa, porém menos intensa, portanto, mais suave.

A infusão é o método que mais conserva as propriedades e características originais do café, destacando com mais intensidade suas notas sensoriais como sabor, aroma, corpo, etc.

Como funciona o processo de café infusão?

Basicamente, já deu para perceber que a base do processo é a mesma, dependendo apenas do tempo de infusão e do método exigido pelo equipamento. Sendo assim, confira os principais métodos de preparo de café que utilizam o café infusão:

Prensa Francesa (French Press)

A Prensa francesa possui registros datados de 1852, na França, mas o modelo que mais se assemelha ao atual equipamento possui patente italiana, atribuída ao designer Attilio Calimani em 1929.

O equipamento consiste em uma peça cilíndrica de vidro com um êmbolo no meio e um filtro de malha metálica, sem precisar de filtro de papel.

Segundo especialistas, é o método que mais destaca as características naturais do grão, pois a malha fina de metal permite a passagem de seus óleos naturais, além de influenciar na quantidade de cafeína, pelo tempo de infusão.

Para garantir que café não tenha resíduos, o ideal é utilizar uma moagem média à grossa, até porque um pó fino demais vai compactar muito e impedir a passagem da água, aumento o tempo de imersão e amargando a bebida.

Na prática, coloca-se água quente, quase ao ponto de fervura, sobre o pó de café, deixando em imersão por aproximadamente 4 minutos. Em seguida, o êmbolo é lentamente pressionado, compactando o pó e extraindo a bebida diretamente na xícara.

O resultado é uma bebida rica em sabor, intensa, encorpada, doce e aromática.

café turco

Café Turco

O café turco é um dos preparos mais tradicionais e antigos da história do café (século XVI), sendo que foi até tombado pela UNESCO como patrimônio cultural imaterial da Turquia. O preparo é bastante único, pois além da infusão, o café não é coado.

Para isso, o grão deve ser moído bem fino, na textura de açúcar de confeiteiro, para que a bebida não retenha resíduos, visto que não será coada.

Além disso, ele é preparado em um recipiente próprio (cezve/ibrik), feito de cobre com um cabo comprido, onde o café moído é misturado e fervido junto com a água .

O resultado é uma bebida espessa, de sabor encorpado, perfumada e doce.

Tradicionalmente, se adiciona também à mistura, especiarias como cardamomo ou canela para dar à bebida um sabor único, servindo-a com cubos de açúcar ou sobremesas turcas.

Cold Brew

O Cold brew é um método de café infusão passado a frio. Como no processo não há o contato com água quente, a sua preparação é mais lenta comparada aos métodos tradicionais de infusão. Ele é ideal para o preparo de cafés gelados.

Dessa forma, a infusão do pó de café com a água é mais longa, variando entre 12h a 18h, conforme as características desejadas na bebida.

Na prática, o grão de café deve ter uma moagem mais grossa, sendo misturado com a água fria em um recipiente separado, em uma proporção de 1 para 4, respectivamente.

Depois de mexer bem a mistura, é preciso tampar o recipiente e deixar descansar, pelo tempo determinado, para em seguida passar pelo coador.

O resultado é uma bebida mais adocicada e com menos cafeína, mas com sabor bastante acentuado, por conta da perda de óleos e ácidos.

Ficou na dúvida? Confira o passo-a-passo na sessão de receitas.

Soft Brew

O Soft Brew é uma cafeteira criada pelo designer George Sowden, capaz de preparar um café infusão mais “suave”, pois o pó não é forçado, pressionado ou queimado durante o seu preparo.

Na verdade, o método é bem semelhante ao de chá, bastando colocar o pó dentro da peça metálica com um filtro do mesmo material, adicionar água quente e esperar a extração.

O resultado é uma bebida de sabor destacado pelo “gosto natural do café”, porém bastante suave, já observada pela clareza da cor na xícara.

O importante é controlar a temperatura da água e o tempo de extração para evitar amargar o café.

aeropress

Aeropress

A Aeropress é outro equipamento pequeno que utiliza o café infusão como forma de preparo. Ela é bem semelhante à Prensa Francesa, mas utiliza a pressão do ar e filtragem para extrair o café.

Ela também utiliza uma moagem específica, sendo a média a mais indicada.

O equipamento é formado por dois cilindros de plástico (livre de BPA) e mais duas outras peças que se encaixam entre si, formando um vácuo.

A diferença é que ao invés de usar o pistão para prensar o pó de café, é a pressão do ar na base do cilindro que conclui a extração.

Para isso, a Aeropress combina três técnicas: a infusão do pó na água por vários minutos, a pressão do ar pelo vácuo ao abaixar o cilindro, e a filtragem pelo filtro de papel.

O seu conceito de preparo é rápido, versátil, prático e bastante conveniente. O único segredo é ter cuidado com o tempo de contato do pó com a água e a sua temperatura.

O resultado é uma bebida aromaticamente complexa, com menos amargor e mais corpo.

Clever

A Clever é um dos métodos de café infusão mais novo do momento. Ela consiste em um porta filtro semelhante aos convencionais, mas com uma válvula que bloqueia a passagem da água.

É justamente essa válvula que controla o tempo de infusão do pó na água, permitindo vários resultados diferentes na xícara.

Por isso a sua enorme popularidade. A quantidade de cafeína nessa extração também é outro diferencial, pois dependendo do tempo de contato do pó com a água, a bebida será mais forte e mais amarga.

Assim, é possível fazer um café mais leve (com menos tempo de infusão) ou mais encorpado (com mais de dois minutos de infusão). A moagem ideal é a média.

O resultado é um café mais encorpado e mais doce, com menos acidez.

Pressca

A Pressca é uma cafeteira portátil, que não exige filtro de papel e permite extrair a bebida em qualquer lugar.

Ela é genuinamente brasileira, criado por Gerson Amaro, com o intuito de extrair uma maior variedade de sabores, mantendo as propriedades do café.

O método de preparo é simples, podendo variar também no tempo, garantindo uma diversidade de sabores, em um mesmo tipo de pó de café.

Ela é fácil de transportar e serve também para fazer outras bebidas pelo método de infusão.

Além disso, permite qualquer moagem, sendo a grossa a mais indicada; aceleração de filtragem e alteração no tempo de infusão, por isso garante uma experiência diferente a cada xícara.

Assim como na prensa francesa, basta acomodar o pó no fundo da cafeteira, preencher com água quente e deixar descansar entre 3 a 5 minutos, conforme o sabor desejado. Em seguida, é só pressionar o êmbolo e servir, ou tomar diretamente nela.

O resultado é uma bebida de sabor bem encorpado e aromático, com mais óleos essenciais.

Pronto! Agora você conhece todos os métodos de café infusão, basta escolher o seu preferido e voltar aqui para nos contar como ficou o seu café.

cafeteria preparando delicioso café

Cafeteiras e Acessórios com Bons Preços

A Amazon preparou uma sessão com os produtos mais vendidos em sua categoria de cafeteiras e acessórios para café.

São centenas de produtos com preços acessíveis para você preparar seu café melhor.

Não perca a oportunidade de conferir os produtos em destaque.