Você sabia que existem muitas outras bebidas com cafeína, que não o café? Na verdade, a substância é um composto químico (1,3,7-trimetilxantina) do grupo das xantinas, encontrada em mais de 60 tipos de plantas diferentes.

Portanto, a cafeína pode estar presente em muitas outras bebidas e alimentos, e você nem iria perceber.

Naturalmente, a cafeína se apresenta sob a forma de um pó branco, solúvel em água quente, sem cheiro e com sabor amargo.

Mas é uma substância facilmente disfarçável quando misturada a outros ingredientes.

No entanto, como ela atua sobre o sistema nervoso central, suas quantidades ingeridas devem ser controladas.

Por ser um estimulante natural, a cafeína pode trazer muitos benefícios ao organismo, como ser capaz de ativar, acelerar e aumentar a produção de energia e o metabolismo.

Poder estimular a atividade cerebral, aumentar a produtividade e foco, melhorar a circulação sanguínea, o desempenho físico, facilitar o emagrecimento e até ser usada como antidepressivo.

Por outro lado, também causa dependência e uma série de efeitos negativos no nosso organismo em excesso, como insônia, ansiedade, tremores e dor de estômago, gastrite, entre outros, além de que seus efeitos na abstinência podem ser desagradáveis.

Assim, muitos especialistas recomendam que o seu consumo seja moderado, não ultrapassando a dose diária de 400mg por dia, ou 6mg/kg, o equivalente a 4 xícaras de café de 200 ml.

Dessa forma, é importante saber identificar quais bebidas com cafeína podem ser inseridas na sua dieta sem prejudicar o seu organismo, principalmente se você já aprecia um café.

Ficou curioso para saber quais são? Confira abaixo!

Chás de ervas

Os chás são exemplos de bebidas com cafeína, só que em baixos teores (cerca de 20 a 90 miligramas), dependendo do fabricante e procedência.

Os importados, por exemplo, costumam conter mais cafeína.

chá verde

1. Chá-verde

Uma xícara de chá-verde, por exemplo, costuma conter cerca de 25 a 40 miligramas de cafeína.

Comparado com o café, 240 ml de chá-verde tem em média, 20 mg de cafeína, enquanto o café tem de 60 a 120 mg.

Uma xícara de chá-verde pela manhã ou após as refeições, pode oferecer energia suficiente, além de ser refrescante poder ser servido quente ou frio, até misturado com frutas.

Além da cafeína, o chá-verde contém vitamina K para fortalecer os ossos, ácido fólico para evitar anemia, potássio e magnésio.

Ele é antioxidante e diurético, ajuda no equilíbrio do organismo e favorece a perda de peso.

2. Chá-preto

O chá-preto é da mesma família do chá-verde, pois são originários da mesma planta, só que de torras diferentes.

Uma xícara de chá-preto contém de 15 a 60 miligramas de cafeína, com efeitos parecidos ao chá-verde.

Comparado ao café, 240 ml de chá-preto tem, em média, apenas 45 mg de cafeína.

Ele ajuda a prevenir doenças degenerativas, auxilia na digestão, acelera o metabolismo contribuindo para o emagrecimento, protege o coração e melhora o humor.

bebida erva mate

3. Chá-mate

O chá-mate é um dos mais consumidos no mundo, quente ou frio, e também misturado à várias receitas.

A erva pode chegar até a ter mais ou a mesma quantidade de cafeína do café, mas tudo depende da forma e do tipo de solo que é cultivado.

Em geral, uma xícara de chá-mate contém em média 20 a 30 miligramas de cafeína, comparando ao café, 240 ml de chá-mate têm cerca de 27 a 35 mg de cafeína.

Por outro lado, a erva-mate tem efeito diurético, ajuda a emagrecer, controla o inchaço, diminui a gordura no fígado, favorece a circulação sanguínea e elimina toxinas do organismo, como a glicose do sangue.

Chocolates e Achocolatados

Alimentos e bebidas derivadas de cacau também contêm cafeína, pois a fruta é rica nessa substância, isso inclui o chocolate e as bebidas achocolatadas.

Uma xícara de suco de cacau pode conter 3-50 miligramas de cafeína, já 100g de chocolate ao leite tem de 3 a 30 miligramas, e 100g de chocolate amargo pode ter cerca de 15 a 70 miligramas de cafeína, dependendo da pureza.

Uma xícara de 240 ml de leite com achocolatado pode ter de 5 a 10 mg de cafeína, podendo aumentar para 15 ou 20 gramas de acordo com o chocolate utilizado na bebida.

Isto é, quanto mais amargo for o chocolate, mais cafeína terá a bebida.

Achocolatados comuns possuem cerca de 4 a 10 mg de cafeína a cada 250 ml. Já o Meio Amargo pode ter de 17 a 23 mg de cafeína em 240 ml.

Por outro lado, uma xícara ou copo de chocolate pode auxiliar em algumas funções no organismo, por conta da energia gerada pelas suas calorias.

Ele também libera serotonina no organismo, aumentando a sensação de bem-estar.

Além disso, protege o coração e diminui a pressão arterial, ao incentivar a produção do gás óxido nítrico, que relaxa as artérias.

Ele também protege a pele do sol por conter antioxidantes que reduzem os danos causados pela radiação UV.

copo de refrigerante

Refrigerantes

Os refrigerantes contêm cafeína para alterar o sabor e manter o “efeito viciante”, podendo variar em até 40 mg.

Os refrigerantes de cola (Coca-Cola ou Pepsi), por exemplo, podem conter cerca de 30 a 39 mg de cafeína em 350 ml, enquanto a versão zero (diet) 35 mg.

Um refrigerante de Guaraná contém 2 mg de cafeína em um copo ou lata de 350 ml, enquanto a versão Zero, 4 mg.

Guaraná natural

O fruto do guaraná é um excelente estimulante, justamente por conta da presença da cafeína, seja ingerido em pó ou xarope.

Além de tirar o sono, ele previne cãibras, enxaquecas, problemas gastrointestinais, e até a arteriosclerose.

Isso porque ele é rico em vitaminas, antioxidantes, além de ferro, fósforo, potássio. Cada 240 ml de guaraná, contém cerca de 35 a 40 mg.

Bebidas Energéticas

Bebidas energéticas são outro exemplo que contêm uma quantidade elevada de cafeína por porção.

Dependendo da fabricante, essa quantidade também pode variar, como, por exemplo:

O energético Burn com 250 ml possui cerca de 36 mg de cafeína; sendo que o Monster e o Red Bull, são os mais cafeinados de todos, cerca de 75 a 80 mg de cafeína, cada um, para a mesma quantidade.

Viu!? Como você pode ver, existem muitas bebidas com cafeína além do tradicional cafezinho.

Portanto, se você costuma consumir algumas delas e precisa controlar a quantidade para não exceder na cafeína, agora sabe como fazer.

Lembrando que a dose diária de cafeína por dia não deve ultrapassar 400 mg ou 6 mg/kg.

Boa sorte!

Veja tambémDrinks com Café: 12 Receitas Deliciosas e Práticas para Incrementar sua Festa!

cafeteria preparando delicioso café

Cafeteiras e Acessórios com Bons Preços

A Amazon preparou uma sessão com os produtos mais vendidos em sua categoria de cafeteiras e acessórios para café.

São centenas de produtos com preços acessíveis para você preparar seu café melhor.

Não perca a oportunidade de conferir os produtos em destaque.