Café Americano: saiba as diferenças em relação ao café tomado no Brasil

Café Americano

Quem nunca viu um filme ou série da Netflix em que o ator ou atriz entra em uma cafeteria e sai com um copo grande, cheio de café? É o tradicional café Americano.

Essa clássica cena reflete bastante o café como ele é consumido nos Estados Unidos. Mas, dá para imaginar, caso você nunca tenha tomado um copo de café em uma Starbucks, por exemplo, que o café Americano não é igual ao café que se toma no Brasil, não é mesmo?

Porém, quais são as diferentes entre o café Americano e o café feito no Brasil? E por que nos EUA se toma café dessa maneira? Será que dá para fazer esse tipo de café em casa?

Saiba mais sobre essa delícia e como fazer o café americano em seguida!

O que é café Americano?

Café Americano
Fonte: OxanaDenezhkina (Elements)

O café Americano é o café expresso, em que é adicionada água quente. Ele é bebido sem açúcar, justamente pelo sabor mais intenso do expresso ter sido “diluído” com a água quente, o que faz com que seu amargor seja mais suave.

Além disso, como o café espresso recebe adição de água quente, ele pode ser consumido em copos grandes, de 300 mL, 400 mL e até 500 mL! Imagine você tomar 500 mL de expresso… Não seria muito fácil…

Mas, como o expresso recebe água quente, seu sabor não é tão intenso.

Muitos brasileiros consideram o café Americano “aguado”. Na verdade, são maneiras diferentes de consumir café. O brasileiro prefere café mais forte, seja coado (o mais consumido) ou o próprio expresso, em quantidades menores.

História do café Americano

Não se sabe exatamente como o café Americano surgiu. Mas, acredita-se que pode ter sido durante a Segunda Guerra Mundial.

Os Estados Unidos também participaram dessa guerra. Conta a lenda que eles não gostavam do expresso italiano, considerando-o muito amargo.

Em contato com os ingleses, que adoram chá, surgiu a ideia de adicionar mais água aquecida ao café espresso, deixando-o parecido com um chá (aqui no Brasil, muita gente chama o café fraco ou o café Americano, carinhosamente, de “chafé”).

Outra tendência é que, como o café não era barato naquela época, optava-se por colocar água no café, para ele ficar mais diluído e render mais.

Seja qual história tenha efetivamente acontecido, ou se ambas, hoje o café Americano é servido não só nos EUA, mas também em muitas cafeterias espalhadas pelo mundo.

Como fazer café Americano?

Café Americno
Fonte: OxanaDenezhkina (Elements)

Se você gostou da proposta, de um expresso com água quente adicionada, por que não tentar fazer um café Americano na sua casa?

É importante que você siga uma proporção, afinal, o objetivo é que o café fique com gosto adequado e não seja simplesmente diluído, ficando sem gosto.

Alguns detalhes são importantes para que o resultado fique bom.

A começar, o café Americano não é feito com café envasado em pó. É feito com grãos moídos na hora.

Além disso, o café utilizado é do tipo expresso. Assim, se você quer seguir a receita à risca, vai precisar de uma cafeteira de café expresso. Já falamos de alguns modelos bastante interessantes de cafeteiras de café expresso aqui no ReviewCafé.

Outro fator importante é a torra dos grãos. Exatamente por não desejar que o sabor amargo seja intenso, a torra dos grãos deve ser leve, no máximo média. Assim, você garante que notas de chocolate se sobressaiam, o que dará um sabor especial à bebida.

Então, que tal seguir essa receita e experimentar, para ver se você gosta dessa maneira de consumir café?

Veja, em seguida, como preparar o café Americano.

Ingredientes

  • Grãos de café, de torragem leve ou média;
  • Moedor de grãos;
  • Água quente;
  • Cafeteira para fazer café expresso.

Modo de fazer

  1. Comece moendo os grãos de café. Para fazer café espresso, o ideal é que a moagem seja média.
  2. Moa um total de 16,5 g de café, para um expresso duplo.
  3. Enquanto isso, aqueça de 250 mL a 300 mL de água.
  4. A seguir, extraia seu expresso duplo, usando a cafeteira, despejando a água aquecida sobre o expresso pronto.
  5. Assim, você terá seu café Americano!

Qual grão de café usar para um café Americano?

Como você precisará extrair um expresso duplo para a receita tradicional do café Americano e não usará leite ou açúcar, é ideal usar grãos de qualidade.

Portanto, opte por grãos de café mais achocolatados, com mais doçura, para deixar a bebida com menor teor de acidez também. Nesses casos, cafés brasileiros especiais, etíopes e colombianos casam bem com a receita.

Café Long Black

Café Long Black
Fonte: twenty20photos (Elements)

Uma variação do café Americano é o café servido na Austrália, conhecido como café Long Black.

Porém, o que á um café Long Black? E no que ele é diferente do café Americano, com exceção do fato dele ser servido na Austrália?

Assim como o café Americano, o Long Black também é baseado no café expresso. E seus ingredientes são basicamente os mesmos: café espresso e água quente. Mas, a forma de preparo é ligeiramente diferente.

Na Austrália e na Nova Zelândia, o café Long Black é feito derramando o café espresso sobre a água aquecida e não o contrário, como é para o café Americano.

Com essa pequena mudança na forma de preparo, o café Long Black consegue manter mais a crema do café.

Outra diferença é que você pode usar ou um expresso duplo ou um ristretto.

Tradicionalmente, um café Long Black é preparado com menos água aquecida do que um Americano.

Além disso, deve-se atentar para a diferença entre o Lungo e o Long.

No Lungo, um café expresso é extraído com mais água. Já no Long, o expresso é feito com a dose de água tradicional, seja duplo ou ristretto, mas despejado em uma xícara contendo água aquecida.

E mais uma dica: no Long Black, geralmente, a água é aquecida na própria máquina que extrai o café espresso.

E o sabor?

Quando se compara o café Long Black com o café Americano, é possível notar que, conforme já dissemos, a diferença começa na crema. Dessa forma, devido ao seu método de preparo, o café Long Black terá mais crema na superfície.

O café Long Black também se mostra como um café mais encorpado do que o café Americano.

Lembre-se que, por envolver a mistura de um café expresso com água quente, você terá que esperar um pouco para poder saborear seu café.

Afinal, a mistura pode resultar em uma bebida bem quente e você não vai querer queimar a boca, não é mesmo?

Então, aqui vai uma dica: a água aquecida, para fazer o café Long Black, deve estar em torno de 70 °C. Dessa forma, com a água aquecida nessa temperatura, a crema é mantida, sem ser dissolvida rapidamente.

Outra vantagem de se manter a água aquecida nessa temperatura é que ela permite um paladar limpo, sem retrogosto, mantendo a doçura do café.

Variações

Tanto o café Americano quanto o café Long Black podem ter variações. Entre essas variações, está servir o café com cubos de gelo. É uma opção para quem gosta de café, mas quer degustar uma bebida mais fresca, por exemplo.

Mas, não confunda essa variação com o Cold Brew, que é outro tipo de bebida.

Alguns podem gostar da mistura do café Long Black com açúcar, xarope e até chantili. Também são opções, embora todos esses ingredientes deixarão a bebida bem mais doce, sem o tradicional gosto do café.

Já para aqueles que gostam de um sabor mais intenso, a dica é experimentar o Long Black feito com ristretto, que é um café em dose menor, porém mais concentrado.

E então, gostou do café Americano e do café Long Black? Agora você já sabe o que são esses dois tipos de cafés, servidos em diferentes cafeterias pelo mundo. E, além disso, pode experimentar fazer essas bebidas em casa.

Depois, conte para nós aqui nos comentários ou por e-mail se você tentou e o que você achou do café Americano ou do café Long Black. Até a próxima!

Compre itens de café com desconto!